Notcias

Cia. De Dana do Pantanal vai representar cultura sul-mato-grossense em Portugal

Companhia que nasceu no Projeto Moinho Cultural embarca no início da semana para Portugal onde participa do Concurso de Bailados na cidade de Porto

 

Peça Contemporânea "Cultura Bovina" de Chico Neller / Fotos: Erik Silva
 

Corumbá (MS)- De malas prontas para o seu maior desafio dentro da recente trajetória, a CIA de Dança do Pantanal embarca no início desta semana para o Concurso de Bailados na cidade de Porto em Portugal.

A vaga em um dos mais tradicionais concursos de dança europeu veio após serem premiados como melhor balé contemporâneo no Festival do Passo da Arte realizado de Indaiatuba- SP, realizado em julho de 2018.

Mas o sonho começou a se desenhar há cerca de dois anos atrás, quando o Instituto Moinho Cultural Sul-americano, lançou mais uma marca em sua trajetória de sucesso, a CIA de Dança do Pantanal.

O objetivo era promover a cultura da dança clássica e contemporânea com um dos meios de transformação utilizado na instituição, a junção do Balé e a Música Clássica.

A partir daí os desafios e as conquistas sempre se permearam lado a lado e os resultados saltam aos olhos, enchendo de orgulho a região que enxerga a ida do grupo para Europa, como um reconhecimento da importância da cultura Pantaneira.

Nesta sexta-feira (29), apenas dois dias antes do embarque da Companhia para Portugal, uma apresentação com as coreografias que serão apresentadas no evento que será realizado entre os dias 04 e 07 de abril.

A peça neoclássica “Divertimento”, coreografada por Beatriz de Almeida e a Dança Contemporânea “Cultura Bovina” de Chico Neller, vão ser representadas pelos bailarinos Izabelle Paiva, Nayara Aponte, Nubia dos Santos, Brenda Ribeiro, Kelven de Jesus e Kauan Coelho, Nayara Aponte, Brenda Ribeiro, Paloma Fernandez, Kelven de Jesus, Kauan Coelho, Agustin Salcedo.

Márcia Rolon: Diretora Executiva do Moinho Cultural

 

 

 

 

 

Para Márcia Rolon, diretora executiva do Moinho Cultural a ida da companhia para participar de um concurso na Europa é muito mais que uma apresentação, sendo uma representatividade da cultura pantaneira.

“É muito orgulho porque não é só Corumbá, estaremos representando Mato Grosso do Sul, o Brasil e porque não dizer a América do Sul, e principalmente a nossa fronteira e isso tem um peso, dá uma certa responsabilidade na gente, mas nós estamos certos que não precisamos ganhar, mas faremos bonito”, disse.

Grande parte do elenco que irá representar a Cia. De Dança, será a primeira oportunidade de vivenciar uma experiência de um concurso internacional de dança. Além da experiência profissional, o Concurso de Bailados de Porto é também a oportunidade não apenas de concorrer a premiação em dinheiro, como também de disputar bolsas de estudos nas mais tradicionais escolas de dança da Europa.

Bailarina Brenda Ribeiro

 

 

 

 

 

“Nós sabemos que na Europa é uma outra realidade de cultura e de dança visto de uma outra forma, com muito mais seriedade e importância, e estar levando aqui do Brasil uma apresentação no mesmo nível da dança europeia é muito incrível, tanto para os bailarinos e para nossa carreira, incrível para companhia que está completando apenas dois anos em 2019 e já está neste nível é muito importante gratificante e um impulso para que possamos continuar e fazer cada vez mais”, ressaltou a bailarina Brenda Ribeiro.

Coreografia de Beatriz de Almeida “Divertimento”

 

Fonte: http://folhams.com.br/cultura/cia-de-danca-do-pantanal-vai-representar-cultura-sul-mato-grossense-em-portugal/76976/?fbclid=IwAR0ojRRX-yKEts8KhacM7RMRyIRf_ODZwQgZbq_XqlLsbwTpONqFCCjFklY

Instituto Moinho Cultural - 2015